vencer a resistência

Como vencer a resistência pessoal

vencer a resistência
Image courtesy of David Castillo Dominici at FreeDigitalPhotos.net

É com imenso prazer que estou escrevendo pela primeira vez para o blog do meu estimado amigo Edward. O assunto que gostaria de abordar é “Resistência”.

Se você não está familiarizado com o tema, este é um termo empregado por Steven Pressfield que busca descrever resistência como aquela força destrutiva e invisível que nos bloqueia toda vez que iniciamos um novo projeto, ou procuramos melhorar nossa vida em qualquer aspecto, seja ele espiritual, pessoal, financeiro ou profissional.

Imagine o seguinte cenário: uma pessoa percebe que está com alguns quilinhos acima do peso ideal (coisa rara nos dias atuais), e toma a correta decisão de mudar seus hábitos alimentares e adiciona uma rotina de atividades físicas em sua agenda.

Nas três primeiras semanas tudo ocorre como o planejado e os primeiros sinais positivos começam a surgir. Na quarta semana surge uma viagem e literalmente você “enfia o pé na jaca”, e todo o resultado das últimas três semanas são perdidos em apenas alguns dias.

Você retoma a rotina “saudável” na semana seguinte, porém, aparece um aniversário de um grande amigo durante a semana e também um churrasco com os familiares, e novamente a rotina de treinos e alimentação é abandonada.

O que acontece na semana seguinte? Você “tenta retomar” a rotina saudável, mas aparentemente existe uma “força invisível” que torna a sua tarefa mais difícil, isto é exatamente o que Steven Pressfield descreve como resistência.

Se você está tentando construir um casamento mais feliz ou tem um projeto de iniciar aquele curso tão sonhado, talvez parar de fumar, ou escrever um livro, você encontrará resistência para avançar nestes objetivos.

Lembre-se que a resistência vai:

  1. Fazer você focar apenas no único comentário crítico que você recebeu, ao invés de observar que houve outros inúmeros elogios;

  2. Levar-te para a rede social (Facebook, What’sApp, Twiter, etc) ao invés de ler a bíblia diariamente por cinco minutos (seu novo projeto);

  3. Fazer você ficar em casa ao invés de ir para a academia;

  4. Ficar assistindo TV em casa quando deveria participar daquele projeto voluntário que estava tão animado e havia se comprometido no inicio do ano;

Novamente: resistência é aquela força destrutiva e invisível que se opõe a qualquer tentativa de melhoria na sua vida ou na implantação de um novo projeto.

Imagine este artigo que você está lendo agora neste exato momento. Entre eu e o Edward conversarmos pela primeira vez sobre a possibilidade de escrever para o seu Blog, até o dia que conclui o artigo, foram aproximadamente seis meses.

Acredite, foram seis meses de procrastinação e em apenas uma semana consegui escrevê-lo. Sempre existia um imprevisto, outra prioridade, preguiça, até o dia em que falei: nesta semana sai, e o que houve? Saiu. Bem ou mal (depois você pode deixar à sua opinião sobre a qualidade do artigo no Blog) conclui a publicação que está em suas mãos. Venci a resistência.

É importante saber que a resistência não pode ser vista, tocada e ouvida, porém, ela pode ser “sentida”. A resistência é uma força de repulsão negativa que procura nos afastar do nosso trabalho e consequentemente do objetivo.

Você não encontrará resistência para ficar quinze minutos a mais na cama quando o relógio tocar pela manhã, ou pedir aquela deliciosa sobremesa após o jantar. Mas a resistência estará presente quando você procurar perder aqueles dez quilos adicionais ou procurar acordar mais cedo para um momento de oração ou atividade física.

Parece-me que quanto mais importante e nobre for o nosso objetivo ou o trabalho a ser feito, maior é a resistência.

O que podemos fazer para superar a resistência? Segue algumas dicas:

Vencer o Medo:

Se você sente medo e insegurança quando inicia um novo projeto, parabéns, você é normal. A solução é bastante simples: inicie o projeto e siga em frente.

Como disse sobre escrever este artigo, enquanto eu procrastinava, o artigo não saia de um bate papo, porém, a partir do momento que iniciei e mantive o foco, o artigo foi escrito.

Às vezes a simples possibilidade de falhar já nos paralisa. É o medo!

Resumo: de o primeiro passo e inicie o projeto, temos que desenvolver a disciplina de iniciar nossos sonhos e projetos.

Incerteza:

Você iniciou o projeto e agora está na metade do caminho, porém, acredita que está muito longe e não atingirá o objetivo, ou seja, está incerto. A resistência irá provocá-lo neste sentido e haverá ansiedade, dúvida, se sentirá sobrecarregado, etc.

Isso é normal. Senti-me assim em inúmeras oportunidades e situações que a vida me apresentou. Quando decidi que iria trocar de emprego no passado (em 2008), quanto mais se aproximava o momento da mudança, mas incerteza eu tinha.

Mudar de um estado para outro e de emprego ao mesmo tempo não é simples e envolve muitas questões. Existem apenas incertezas. Mesmo depois de alguns meses no novo estado/emprego a incerteza continuou, apenas seis meses depois tive a certeza de que a decisão foi acertada.

O que fazer: foco. As coisas vão se ajustar e a incerteza dará lugar à certeza. Temos que ter a disciplina de continuar nossos projetos e com foco alcançar o objetivo final.

Dúvida:

Às vezes é necessário praticar não desistir dos objetivos.

Parece uma frase estranha, mas é isso mesmo. Em alguns momentos queremos postergar o lançamento de um projeto por não achar que esta 100% e perfeito, ou simplesmente para fazer outros ajustes e melhorias (sempre é possível melhorar), mas é preciso concluir o que iniciamos.

A dúvida nos leva a postergar e adiar os projetos. Eu tenho o hábito de correr 12 km em três ou quatro dias da semana, as vezes lá pelo KM 8 surge a dúvida e aquela vontade de parar e ir para casa, porém, sigo em frente e concluo o objetivo.

O que fazer: a resposta que devemos dar quando experimentamos a dúvida é seguir em frente e concluir o projeto a qualquer custo. A sensação é maravilhosa quando concluímos um objetivo. Vamos aprimorar a disciplina de seguir em frente com nossos projetos até concluí-lo.

Seguindo estas dicas você se tornará mais forte e a resistência será cada vez menor. Como no caso da borboleta, a resistência servirá para deixar suas asas mais fortes e desta forma você será capaz de voar mais alto.

Um grande abraço

Jeferson Peres

O que você achou deste artigo do meu amigo Jeferson? Aproveite e comente abaixo; em qual área de sua vida você precisa vencer a resistência?

Este livro de apenas 26 páginas poderá mudar a sua vida!

Neste livro você irá aprender; como o pensamento forma o caráter, o efeito do pensamentos sobre as suas circunstâncias de vida, de que maneira o pensamento afeta a sua saúde, como propósito e realização são influenciados diretamente pelo seu pensamento, a importância dos ideais em sua vida, porque devemos buscar a paz.

Assim como você eu também detesto Spam!

Send this to a friend