Quatro passos para viver melhor em 2016

Image courtesy of krishna arts at FreeDigitalPhotos.net
Image courtesy of krishna arts at FreeDigitalPhotos.net

 

O ano está começando e sei que você vai querer tirar o melhor proveito possível dele. Ainda dá tempo de estabelecer metas e estas dicas vão te ajudar a viver melhor.

Eleja uma palavra de ordem

Se sua vida fosse um livro, que capítulo você escreveria este ano? Qual a ideia central dele? Trabalho? Prudência? Aprendizado? Paciência? Mudança? Disciplina? Vida saudável?

Escolha o que quiser, imprima um cartaz grande e cole num lugar bem visível. Não caia no erro de escolher mais de um objetivo.

É evidente que você pode (e deve) ir em busca de muitas melhorias. Mas eleger uma vai fazer você manter o foco e ter 100% de comprometimento com essa meta.

Mantenha um arquivo para anotar, semana a semana, quais das suas atitudes contribuíram para te afastar ou te aproximar dela. Se quiser, baixe o modelo:

Nossas palavras e pensamentos têm força e podemos usar isso a nosso favor.

Esta conferência trata do poder da linguagem.

Durma bem!

Uma boa noite de sono melhora a memória, o humor e torna o seu dia mais produtivo. Você já sabe de tudo isso, mas persiste em erros básicos que te afastam de um sono tranquilo.

Quer apostar? Responda as seguintes perguntas:

1) Tem TV ou notebook no seu quarto?

2) Seu celular fica na cabeceira durante a noite e você não resiste a checar uma notificação, mesmo já deitado?

3) Costuma consumir café e outras bebidas com cafeína depois das 18h?

4) Você passa o dia todo sem beber água e à noite toma vários copos “para compensar”?

5) Prefere praticar atividade física ao sair do trabalho, à noite?

6) Tem o hábito frequente tomar um drinque de happy hour?

7) Seu quarto está sempre um pouco desorganizado?

8) Você dorme até mais tarde nos feriados e fins de semana?

Se respondeu sim a duas ou mais dessas questões, seu hábitos têm tudo para atrapalhar o seu sono. Em vez disso:

– Mantenha seu quarto bem limpo e arrumado, pois a ordem ao redor traz calma.

–  Beba água ao longo de todo o dia e consuma moderadamente à noite para não ter de levantar-se para ir ao banheiro.

– Evite atividade física, bebidas alcoólicas e cafeína perto da hora de dormir. Isso tudo agita o seu organismo e contraria a higiene do sono.

– Ajude seu corpo a entender o ciclo do sono dormindo e acordando sempre no mesmo horário. Se quiser descansar um pouco mais nos dias livres, opte por uma soneca à tarde, mas nunca de mais de meia hora.

– Quanto aos eletrônicos no quarto, você já sabe… Livre-se deles. Nem mesmo a função de despertador serve como desculpa para você manter o celular na cabeceira. Deixe-o no cômodo ao lado (você escutará o alarme, garanto) e, se for preciso, radicalize: compre um velho e bom despertador analógico.

Cuide da memória da sua família

Você sabe onde nasceu e como cresceu cada um dos seus avós? Sabe o nome de todos os seus bisavós? E como se chamam os amigos de infância dos seus pais? O ritmo acelerado da vida nos afasta das nossas raízes. Valorize o que é importante.

Dedique tempo para resgatar as histórias dos seus ascendentes. Elas ajudarão você a entender melhor sua família, a valorizar os esforços dos pais e avós e a transmitir isso tudo aos seus filhos. Aproveite e grave vídeos e áudios com seus filhos e com seus pais. Lembre-se também de imprimir as melhores fotos do ano. Quem não prefere folhear o álbum de família na sala, com todos reunidos a ver as fotos apenas no celular ou num monitor?

Se você tem crianças em casa, anote as coisas engraçadas que elas dizem. Quanto mais o tempo passa, mais rimos e nos emocionamos com as tiradinhas deles. Também pode ser divertido montar a árvore genealógica da família. Aqui estão dicas para montar a sua:

Como criar uma árvore genealógica

Adote as caminhadas para clarear as ideias

Tem momentos em que a inspiração e a concentração parecem nos abandonar. Nessa hora, nada como uma pausa e um pouco de atividade física para viver melhor.

Levante-se e mexa-se. Mas em vez de gastar seus minutos no canto do cafezinho, procure andar ao ar livre, nem que seja uma volta na quadra. Steve Jobs era um adepto da técnica de caminhar para clarear as ideias, como conta seu biógrafo Walter Isaacson. Se não leu o livro, fica a dica:

41EvTJePLWL._SX345_BO1,204,203,200_

A técnica, na verdade, é muito antiga. Na Grécia Antiga, 300 anos antes de Cristo, Aristóteles gostava de caminhar seguido pelos discípulos enquanto dava suas lições. Por esse motivo, o círculo filosófico criado por ficou conhecido como “escola peripatética”. A palavra grega peripatético quer dizer justamente isso: itinerante.

A técnica de Aristóteles e de Jobs vai render frutos para você também. Experimente! Você vai gostar tanto que logo planejará caminhadas meditativas mais longas, para os fins de semana. A seguir listamos sugestões de trilhas próximas de quatro capitais brasileiras. Em todas, você precisará de roupas e calçados confortáveis (tênis ou bota para trekking), protetor solar, repelente de insetos e boné. Também é sempre recomendável levar água.

Curitiba: Sem sair da capital, a 12 quilômetros do centro, na região oeste, fica o Parque do Passaúna. Além de aproveitar a vista do mirante, você pode percorrer a trilha ecológica de 3,5 quilômetros de extensão, ladeada por bosques. É uma caminhada relativamente leve. Por isso, não há necessidade de levar lanche. O acesso ao parque é gratuito. Coordenadas: Coordenadas: 25°28’25″S 49°23’0″W

São Paulo: Na região norte da cidade, no limite com outros municípios da Grande São Paulo, fica a maior floresta urbana do mundo, a Cantareira. São muitas as trilhas disponíveis para os visitantes. Uma das mais agradáveis para uma manhã ou tarde de passeio é a Suçuarana, que tem grau médio de dificuldade em seus 3,5 quilômetros de extensão. Ao fim dela, você chegará à Pedra Grande, de onde se avista boa parte da cidade de São Paulo. A trilha começa no núcleo Águas Claras da Cantareira, que fica em Mairiporã. Se não quiser levar lanche, esteja preparado para segurar a fome. Não há lanchonetes na Cantareira. A entrada custa R$ 12 para adultos até 65 anos e R$ 6 para menores. Idosos não e crianças menores de 10 anos não pagam. Coordenadas: 23° 24′ 5″ S 46° 35′ 24″ O

Viver melhor

Porto Alegre: Maquiné, cidade a 140 quilômetros da capital gaúcha, é lugar de ecoaventura. No distrito de Barra do Ouro, há uma trilha de 3 quilômetros (cerca de 2 horas de caminhada até a cascata do Garapiá (Veja a foto que beleza!) . Mas só com um veículo 4X4 você conseguirá chegar ao começo da trilha. Quem quiser, pode seguir a aventura pelos outros 6 quilômetros da trilha, com alto grau de dificuldade. Neste caso, além de água, roupa e calçados confortáveis, é preciso bom levar lanche reforçado e uma lanterna. O acesso é gratuito. Coordenadas para o GPS:  29°30’18″S   50°14’29″W

Rio de Janeiro: Num cartão-postal da cidade, você pode fazer uma bela trilha de 1,5 quilômetro de extensão para chegar ao Morro da Urca. A jornada exige bom condicionamento, pois é entremeado por trechos íngremes. Depois de uma hora, a recompensa é a bela vista da Baía de Guanabara. A trilha tem início na pista de caminhada Claudio Coutinho, conhecida também como Caminho do Bem-te-vi, no canto esquerda da Praia Vermelha, e chega ao fim no terminal do bondinho no Morro da Urca. Aí, você decide se volta caminhando ou se comprar ingressos para subir até o Pão de Açúcar. Coordenadas: 22°57`18“ S, 43°10`53“ W

Tem dicas de outros roteiros? Comente abaixo e Compartilhe!

Este livro de apenas 26 páginas poderá mudar a sua vida!

Neste livro você irá aprender; como o pensamento forma o caráter, o efeito do pensamentos sobre as suas circunstâncias de vida, de que maneira o pensamento afeta a sua saúde, como propósito e realização são influenciados diretamente pelo seu pensamento, a importância dos ideais em sua vida, porque devemos buscar a paz.

Assim como você eu também detesto Spam!

Send this to a friend