Vida Equilibrada

Por que você não deve buscar uma vida equilibrada?

 “Viver é como andar de bicicleta: É preciso estar em constante movimento para manter o equilíbrio.”

– Albert Einstein.

Vida Equilibrada
Image courtesy of chanpipat at FreeDigitalPhotos.net

Em primeiro lugar porque uma vida equilibrada deve ser muito chata e entediante. Segundo porque uma vida equilibrada, no sentido literal, não existe.

O senso comum diz que devemos ter equilíbrio entre trabalho, família, lazer, amigos. Tudo dentro de sua caixinha, mas a verdade é que cada fase de nossa vida exige um nível diferente de dedicação.

Muitas pessoas quando algum dia precisam trabalhar até tarde ou muitas horas num só dia, logo sentem que aí existe um desequilíbrio. Imagina-se que uma vida equilibrada é aquela na qual trabalhamos de segunda a sexta-feira, entramos e saímos sempre no horário, e sempre temos tempo para tudo.

Na prática sabemos que isto não existe. Para entender o que é uma vida equilibrada primeiro vou listar o que uma vida equilibrada definitivamente não é:

1) Não é uma vida em que você sempre terá tempo para tudo.

A vida é dinâmica. Muitos tentam definir um tempo fixo para cada atividade, mas logo irão perceber que não conseguem. Um dia deixa de lado o lazer, outro dia falha na atenção aos filhos, outras vezes não conseguem dedicar-se a um amigo, projeto social, meta pessoal e por aí vai. Vai existir fase em que uma dedicação maior ao trabalho será necessária, caso contrário corremos o risco não atingir nossos objetivos profissionais e ficamos na zona da mediocridade.

Em outro momento pode ser necessária uma dedicação maior à família, até abrindo mão de oportunidades melhores no trabalho. Pergunte para qualquer pessoa que já teve algum problema sério de saúde na família se isto não é verdade. Lá se vai o tão sonhado “equilíbrio”.

2) Não significa uma vida sem imprevistos.

Imprevistos sempre ocorrem; portanto, esteja preparado para fazer com que eles sejam parte de sua vida.

3) Sonhar que um dia, quando determinada coisa ocorrer, você atingirá o tão sonhado equilíbrio.

Às vezes pensamos; “quando eu me formar, tudo estará resolvido; sairei da correria”, “Quando eu sair do aluguel e tiver minha casa tudo será diferente, vou poder relaxar”. Ou, “quando meus filhos crescerem aí sim poderei ter equilíbrio”. Tudo isto é um grande engano, pois toda e qualquer fase da vida tem suas peculiaridades e desafios.

O que fazer então?

Como na frase inicial de Albert Einstein, qualquer pessoa que já andou de bicicleta sabe que para obter o equilíbrio deve-se necessariamente estar em movimento. Sem movimento não dá para ficar equilibrado em uma bicicleta.

Nossa vida também é assim, temos que estar em constante movimento, agindo e corrigindo, para atingir o “equilíbrio”. Vão existir momentos que uma dedicação maior para determinada área será necessária em detrimento de outra.

Primeiro é importante definir quais áreas são mais importante em nossas vidas agora e buscar, através de nossas ações, atender estes objetivos no médio prazo, e não tudo ao mesmo tempo.
Exemplo de áreas são: trabalho, lazer, família, amigos, espiritualidade, projetos pessoais, saúde, esporte.

Qual é a área mais importante de sua vida neste momento? Pense nisto e leia as quatro dicas abaixo:

1) Sempre agir com foco no que está fazendo agora.

Não adianta trabalhar e pensar que devia estar com a família, ou vice-versa. Se está trabalhando foque no trabalho com a maior eficiência possível. Se estiver com a família, esteja de verdade com eles em vez de estar apenas de corpo presente e com a cabeça em outro lugar.

2) Se precisar se dedicar um tempo maior ao trabalho durante um tempo, dedique-se e pronto.

Se agora o trabalho é mais importante, então dedique-se com foco e depois de algumas semanas compense com uma dedicação maior à família, por exemplo. Isto vale para qualquer área de nossas vidas.

Assim que a necessidade de dedicação diminuir em determinada área veja qual área de sua vida ficou negligenciada e não deixe de compensar. Não custa repetir, em casa fase da vida um nível de dedicação diferente será necessária.

3) Elimine as distrações.

Internet demais, Facebook, mensagem no celular, ficar zapeando na televisão, conversas de corredor que não agregam nada. Elimine tudo o que faz você perder tempo. Com isto irá sobrar mais tempo para a áreas de sua vida que você está deixando de lado.

4) Saiba delegar.

Saiba delegar e dar mais autonomia para subordinados, filhos, familiares e pessoas ao seu redor. Isto pode reduzir uma boa carga do seu tempo. Lembre-se, você não precisa necessariamente fazer tudo, tem coisas que podem ser feitas por outras pessoas se você souber pedir e para quem pedir.

A vida não é algo linear, estático. Ao contrário disto a vida é dinâmica, cheia de surpresas, algumas desagradáveis e outras boas. É no constante movimento de nossas ações que vamos compensando e chegando mais perto de nossos objetivos. O equilíbrio está de fato no constante movimento como disse Albert Einstein.

Comente abaixo; o que você faz para atingir uma vida “equilibrada”?

Este livro de apenas 26 páginas poderá mudar a sua vida!

Neste livro você irá aprender; como o pensamento forma o caráter, o efeito do pensamentos sobre as suas circunstâncias de vida, de que maneira o pensamento afeta a sua saúde, como propósito e realização são influenciados diretamente pelo seu pensamento, a importância dos ideais em sua vida, porque devemos buscar a paz.

Assim como você eu também detesto Spam!

Send this to a friend