Gratidão

O poder da gratidão (sim, isto pode transformar sua vida)

Você sabe o que Oprah Winfrey, Richard Branson, John Paul DeJoria e Tim Ferriss possuem em comum além de serem pessoas altamente bem sucedidas em suas atividades?

Todos eles praticam a gratidão. Ou seja, eles dedicam parte do dia para refletir sobre as coisas pelas quais são gratos.

Estudos comprovam que pessoas que praticam a gratidão possuem as seguintes características:

  • Experimentam melhores emoções.
  • Sentem-se mais vivos e alertas.
  • Dormem melhor.
  • Cuidam melhor da saúde.
  • Expressam mais compaixão e bondade.
  • Possuem melhor imunidade contra doenças.
  • Menor pressão arterial.
  • Sentem-se menos solitários.
  • São mais descontraídos.
  • São mais positivos e felizes.

Isto é o que concluiu o psicólogo e pesquisador Robert Emmons da universidade da California, UC Davis.

E você não precisa ser grato por coisas grandiosas. Eu por exemplo, quando vejo um copo d´água sinto gratidão quase que imediatamente.

No vídeo abaixo eu explico porque isto ocorre comigo.

 

 

Transcrição do vídeo:

Olá, aqui é o Edward. Hoje eu estava vendo um post de um amigo. O nome desse meu amigo é Jeferson Peres, que escreveu um post sobre gratidão.

Eu estava lendo e no terceiro parágrafo já bateu forte, eu vou até deixar o link para vocês darem uma olhada aqui e vou explicar porque esse post bateu forte.

Vocês lembram daquele filme chamado Náufrago?

Então eu vou colocar duas cenas, eu vou fazer uma edição e colocar duas cenas, porque quando eu assisti esse filme, eu fiquei profundamente marcado por duas cenas.

A primeira cena é essa que vocês vão ver agora (cena do personagem tentando abrir um côco).

Vocês viram a cena? Ele estava desesperado, estava morrendo de sede. Você já sentiu sede na vida?

Já teve algum momento que você falou alto ou falou para você mesmo: preciso de um copo d’água agora mesmo, qualquer coisa.

Pois é, imagina você em uma situação perdido em uma ilha, perdido em algum lugar no deserto.

E todos nós sabemos, ou a maioria das pessoas sabem, que um ser humano sem água não sobrevive mais do que sete dias, então a sede vem forte, vem rápido.

E depois eu vi essa outra cena, vejam lá (cena do personagem dentro de um avião tomando um copo de água).

É isso aí.

Toda vez que eu entro em um avião e eu peço uma bebida, ou principalmente, quando eu peço um copo de água, eu lembro dessa cena do filme.

Então nesse momento, quando a gente sente falta de alguma coisa e depois a obtém, o nosso sentimento de gratidão é quase que imediato.

Imagina essa cena, você lá sentado na poltrona de um avião, mesmo que não seja um avião, imagina um momento que você está morrendo de sede e você recebe um singelo copo de água.

Imediatamente você sente aquela felicidade, a gente fica feliz.

E outra coisa, quando você bebe aquela água, parece a coisa mais deliciosa do mundo, mesmo não tendo gosto, você sente aquela água alimentando o corpo imediatamente e você se sente feliz.

Esse é o momento de maior sentimento de gratidão.

E porque estou falando disso?

Porque essa cena para mim é um gatilho mental para a gratidão. Então foi interessante, porque quando eu vi o post do Jeferson, eu falei: nossa, ele me pegou certinho.

Toda vez que eu entro em um avião e peço uma bebida, eu lembro dessa cena do filme e automaticamente eu fico feliz.

Quando eu bebo uma água ou coisa assim, eu lembro logo dessa cena, uma coisa simples, uma coisa bem básica, mas que me remete a um processo de ficar grato.

Qual a minha recomendação? Desenvolva em você alguns gatilhos de gratidão.

Pode ser como no meu exemplo, um copo de água, pode ser um animal de estimação, que você tem em casa, que vem abanando o rabo ou um gato que vem na sua perna, que te remeta a esse sentimento de gratidão, pode ser um filho.

Pensa em alguma coisa simples, qualquer coisa.

É interessante quando a gente faz um gatilho, toda vez que você se encontra naquela situação e no meu caso estar no avião e receber um copo de água, a sensação de gratidão vem muito forte, vem bem forte.

Pequenos gatilhos nos ajudam a ficar gratos. E por que ficar grato? Bom, eu não vou ficar falando aqui porque ficar grato, eu vou recomendar que vocês leiam aqui no link embaixo, o artigo que o Jeferson Peres postou no blog dele.

Tenham um bom dia e sejam gratos pelo que vocês conquistaram até agora.

Um abraço.

Você pratica gratidão?! Se a resposta foi não, deveria reconsiderar e adicionar esta atitude em sua rotina.

 

TREINAMENTO GRATUITO

"Você é o resultado do que pensa"

 

 

 

Quero me inscrever agora

Facebook

Twitter

YouTube

E-mail

Send this to a friend