Image courtesy of satit_srihin at FreeDigitalPhotos.net

Dicas fundamentais para viajar com crianças para o exterior

Image courtesy of satit_srihin at FreeDigitalPhotos.net
Image courtesy of satit_srihin at FreeDigitalPhotos.net

 

Viajar envolve planejamentoorganização e quando em família, uma boa dose de trabalho em equipe. 

Eu e minha esposa já fizemos diversas viagens ao exterior com os nossos filhos. Nestas viagens aprendemos como planejar para que tudo ocorra com tranquilidade. Basicamente os passos de planejamento que seguimos são os seguintes:

a) Definir o destino

b) Comprar as passagens.

c) Fazer um seguro saúde.

d) Reservar hotéis.

e) Comprar moeda local.

f) Alugar carro.

g) Definir o que levar na mala.

 

1) Planeje um destino que agrade a todos.

Nesta etapa é importante decidir não apenas o destino da viagem mas todo o roteiro, coisas para fazer, locais para comer e que exista um equilibro que agrade adultos e crianças.

Vale a pena pesquisar bastante. Se todos participarem das decisões será ainda melhor.

Eu e minha esposa sempre trocamos muitas ideias e também conversamos com os nossos filhos, de modo que a decisão do destino seja unânime.

2) Consulte um agente de viagens.

Na compra de passagens pesquisar é muito importante. Hoje existem diversos sites para compra de passagens que facilitam muito a pesquisa e possuem boas ofertas, porém, não deixe de consultar um agente de viagem.

Você poderá se surpreender com um preço ainda melhor.

Outra vantagem, para quem vai viajar com crianças, é que um agente de viagem de confiança poderá dar toda a assistência caso problemas com os vôos ocorram.

Ele também irá orientar melhor com relação a documentação necessária para se viajar com os filhos. Isto principalmente se desacompanhado de um dos pais.

3) Faça um seguro saúde. 

Isto é fundamental para adultos e crianças. Em caso de acidente ou doença usar hospitais no exterior pode sair muito caro.

Nós já tivemos necessidade de assistência médica no exterior por três vezes e graças ao seguro saúde não tivemos qualquer despesa. Imprevisto ocorrem, portanto, nunca viaje para o exterior sem um seguro.

4) Reserva de hotéis.

No caso de hotéis a minha experiência é usar o booking.com e o AirBnB.  Sempre conseguimos os melhores preços fazendo através destes sites. O Booking.com é mais direcionado para hoteis e pousadas. Já com o AirBnB você pode locar um imóvel diretamente do proprietário.

O interessante destes sites é poder pesquisar vários hotéis simultaneamente, conferir a localização em mapas integrados e também visualizar a opinião de pessoas que já se hospedaram.

No Booking.com as opiniões podem ser filtradas por tipo de viajante, ou seja; casal sem filhos, casal com filhos mais novos, grupo de amigos, casal maduro entre outros.

Se você vai viajar com criança, poderá filtrar a opinião de quem se hospedou com filhos no hotel de interesse.

Na hora da reserva é importante verificar qual a politica de cancelamento (no caso de imprevistos). Geralmente no AirBnB as condições são mais rigorosas ao passo que no Booking.com existem ofertas que se podem cancelar na véspera sem cobrança alguma.

5) Alugando um carro.

O que eu utilizo e funciona muito bem é o rentalcars.com. Mas preste atenção se está incluso acessórios como GPS, assento para criança e seguros estendidos.

Se você vai viajar com crianças a cadeirinha é fundamental. Portanto, verifique a legislação local.

Se você possuir um GPS  certifique-se de que o dispositivo possui o mapa do destino. Se você não tem GPS então minha recomendação é alugar um.

Apesar de você gastar um pouco mais, irá economizar muito tempo não se perdendo ou tentando obter informações. Então aproveite o que a tecnologia pode oferecer e alugue um carro com GPS.

Outra vantagem de usar o GPS é que você pode localizar lugares interessante com ele. Um ótimo exemplo foi numa viagem que fizemos aos Estados Unidos e resolvemos visitar uma praia chamada Cocoa Beach (próximo ao Cabo Canaveral) que fica a cerca de 1 hora de Orlando.

Passamos um agradável dia na praia e pudemos caminhar bastante a beira mar. Eu e minha esposa adoramos caminhar com os pés descalços e sentir a água do mar. É extremamente relaxante.

Chegou por volta das 2 horas da tarde quando decidimos procurar algum lugar para comer, mas não queríamos “fast food”. Todos queriam comer peixe (nossos filhos adoram frutos do mar).

Então eu fiz uma busca no GPS pelas palavras “Fish and Restaurant”. Recebi um endereço que ficava aproximadamente a duas milhas do local e fomos para lá.

Qual não foi a surpresa de chegarmos em um restaurante super simpático bem próximo ao cais de onde partiam os navios de cruzeiro. Encontramos um lugar totalmente diferente com uma ótima comida e vista maravilhosa.

Por isto um GPS pode ser uma mão na roda e certamente é um investimento que vale a pena.

6) O que levar na mala?

             Isto vai depender do seu destino, mas a recomendação é não exagerar. Se você vai para os Estados Unidos leve o mínimo de roupa e compre alguma coisa por lá. Os preços são tão atrativos que dificilmente você irá resistir. Por outro lado, se vai para a Europa ou outro país que não seja muito barato, então minha sugestão é levar roupas versáteis mas não exagerar.

Nada pior do que ficar carregando muita mala por ai. Lembre-se que geralmente acabamos levando mais do que precisamos.  Em caso de emergência você sempre poderá comprar algo no destino.

E se você vai com uma criança muito pequena, não esqueça de levar um brinquedinho na bagagem de mão. Isto será útil nas esperas nos aeroportos.

7) Fazer as coisas com antecedência.

Quando se vai viajar com crianças é importante fazer as coisas com antecedência.  Imagine chegar em cima da hora no aeroporto, ou ter problemas no check-out do hotel porque passou do horário estabelecido. Com crianças tudo será mais lento.

Fazendo as coisas com antecedência você terá tempo de reação caso ocorra algum imprevisto.

8) Mantenha os documentos sempre no mesmo lugar. 

Quando se viaja em família ou grupos eu acho mais prático apenas uma pessoa ficar com a guarda de todos os documentos (passaporte, certidões de nascimento, carteira de vacinação, reservas de hotel, reserva de carro, ingressos, etc).

Também sugiro mantê-los no mesmo local. Fica bem mais fácil de se organizar pois todos saberão com quem está os documentos e onde eles estão.

Apenas distribua os documentos para cada pessoa no momento necessário.

Eu sempre carrego tudo numa mochila junto com o meu notebook. Isto porque eu nunca despacho a mochila e ela sempre estará bem perto de mim.

Eu também faço uma cópia digital de todos os documentos e carrego eles no Evernote. Desta forma se ocorrer um imprevisto, tenho como acessar qualquer documento via celular, notebook ou qualquer computador ligado a internet.

No caso de crianças não esqueça a certidão de nascimento. Como o passaporte não possui o nome dos pais, este documento é necessário para provar a filiação.

Viajar com a família é uma ótima oportunidade para estreitar os laços familiares. Comente abaixo para onde você gostaria de viajar com seus filhos?

TREINAMENTO GRATUITO

"Você é o resultado do que pensa"

 

 

 

Quero me inscrever agora

Facebook

Twitter

YouTube

E-mail

Send this to a friend